Segunda sem Carne

agosto 28th, 2017 Posted by Crowdchanging, GoforGood Open, Inspirando outros No Comment yet

Você alguma vez já se perguntou de onde vem os alimentos que você consome todos os dias? Já buscou entender de que forma o que você coloca no seu prato impacta o meio ambiente, a economia e a sua saúde? Reflexões como estas são fundamentais para um mundo mais sustentável, pois contribuem para que sejamos mais conscientes em nossas escolhas e hábitos.

Nos últimos anos o assunto “consumo da carne” ganhou bastante destaque no cenário mundial, bem como as dietas vegetariana e veganas vêm conquistando adeptos em uma velocidade jamais vista, fazendo com que o mercado desses produtos aumente 40% ao ano no Brasil, segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

Diversos são os fatores que contribuem para a decisão de parar – ou reduzir – o consumo de carne:

Preocupação com os aspectos ambientais:

A produção da proteína animal – a carne – principalmente bovina, é bastante prejudicial para o meio ambiente: são necessários aproximadamente 15 mil litros de água e 165m² de pasto para produzir um quilo de carne. Florestas inteiras são devastadas para a criação dos animais e também para o plantio de grãos que servirão de alimentos para eles. Além disso, a emissão do gás metano, que é expelido pelos animais, é bastante prejudicial e contribui para o aquecimento global.

Vale mencionar que não só a carne, mas diversos alimentos e bens de consumo são bastante prejudiciais para o meio ambiente, por isso a dica aqui é: sempre busque informações sobre o que você está consumindo para tomar decisões de forma consciente e sustentável.

Proteção animal:

A forma como os animais são tratados pela indústria agropecuária desde o momento que nascem é um aspecto que faz com que muitas pessoas optem pelo vegetarianismo ou veganismo. Muitos desses animais são mantidos confinados durante toda a vida e são expostos a diversas situações de estresse tanto na fase de crescimento e engorda quanto no abate, que muitas vezes é feito de forma cruel.

Cuidado com a saúde:

O consumo de carne em grande quantidade, principalmente a vermelha, aumenta as chances de desenvolver doenças cardiovasculares, pois aumenta o índice de colesterol. Além disso, recentemente a OMS publicou um estudo que afirma que comer carne processada (linguiça, presunto, salsicha, bacon, etc.) contribui para o desenvolvimento de câncer colorretal.

Sabe-se que atualmente 80% da população mundial consome pouquíssima carne, mas este  consumo vem aumentando (aproximadamente 1,6% ao ano), principalmente nos países em desenvolvimento. Caso mantenhamos esse ritmo nos próximos anos veremos dezenas de florestas devastadas – incluindo a Amazônia, que já soma quase 800 mil quilômetros quadrados de área desmatada.

Com isso, diversos movimentos começaram a surgir ao redor do mundo para conscientizar as pessoas a respeito do tema, reduzindo esse consumo e desacelerando os efeitos do mesmo. Um desses movimentos, e até então o mais famoso, é o “Segunda Sem Carne”, que propõe que pelo menos uma vez na semana as pessoas troquem a proteína animal por outros tipos de alimentos. “Mas que diferença faz um dia?” você pode estar pensando. Bom, para efeitos de comparação, um dia sem comer carne pouparia a quantidade de água que nove pessoas consomem em um dia. Agora multiplique isso por um país ou um continente e os impactos são bastante significativos, não é mesmo?

E por falar em impacto esta é uma pequena atitude que contribui – e muito – para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU:

  • ODS 3: Saúde de Qualidade
  • ODS 6: Água e Saneamento Básico
  • ODS 12: Consumo Responsável
  • ODS13: Combate às Mudanças Climáticas
  • ODS15: Vida sobre a terra

Se você já aderiu ao movimento da “Segunda Sem Carne” que tal disseminar essa ideia? Chame seus amigos para um almoço livre de proteína animal, com certeza eles irão se surpreender com a descoberta de novos sabores e você estará contribuindo para um mundo mais sustentável.

Comer é uma necessidade, mas o que você colocará no seu prato para supri-la depende de uma escolha sua.

 

Fontes:

Estudo sobre mudança de hábitos alimentares e impactos na saúde e no meio ambiente:
http://www.pnas.org/content/113/15/4146.abstract

Movimento “Segunda Sem Carne”
http://www.segundasemcarne.com.br/
https://www.meatfreemondays.com/about/
https://www.youtube.com/watch?v=H2D3sxtCQws
http://www.greenpeace.org/brasil/pt/Noticias/Um-dia-sem-carne-um-dia-para-repensar-o-consumo-/

Matéria sobre o consumo da carne:
http://super.abril.com.br/ciencia/deveriamos-parar-de-comer-carne/

“Carne ao Molho Madeira” Campanha do Greenpeace para a conscientização quanto ao desmatamento gerado pela pecuária: http://carneaomolhomadeira.org.br/

Gráficos produção, consumo, exportação, importação de carne pelo mundo https://apps.fas.usda.gov/psdonline/app/index.html#/app/topCountriesByCommodity#chart28

Calculadora do vegetariano
http://vegetariancalculator.com/

No comments yet. You should be kind and add one!

Leave a Reply

Your email address will not be published.This is a required field!

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

GoforGood no Facebook